domingo, 28 de junho de 2009

Em perigo de extinção...

Em tempos que se fala muito a respeito de extinção, achei por bem fazer minha própria lista.
De forma suscinta, é claro.
Em processo de extinção entraram o "por favor" , o "obrigado", o "com licença" e o já desaparecido "me perdoe".
Já em risco de extinção estão o "gosto muito de vc" , "discordo de você mas aceito seu ponto de vista" e o "pode contar comigo". Entram aí também, a compreensão, o ouvir, a indulgência, a verdade e a discrição. Ainda nesse tópico: cinema feito de emoção e idéias, beijo por razão nenhuma, amigos de infância e amigos leais, palavra de honra.
Estão prestes de ser extintos: Os sem maldade, os sem segundas intenções, os sem arrogância, os sem prepotência e os sem inveja também. Nessa categoria acrescento a ética, a fé, os sentimentos puros, a autocrítica, a família.
Já ficaram na saudade: cartas escritas à mão, papo inteligente, livros que emprestei, minha infância, meu primeiro beijo, meu primeiro amor e meu último também, além de tantas outras coisas que só cabem a mim.

Tambien enfrentan ese riesgo
Las promesas
Los himnos
La palabra de honor
La carta magna
Los jubilados
Los sin techo
Los juramentos mani en biblia
La ética primaria
La autocrítica
Los escrúpulos simples.

(Trecho do poema Extinciones, de Mario Bendetti)

2 comentários:

Francisco disse...

Minha amiga!
Todas essas expressões, gestos e atitudes listados, me fazem pensar e chegar à conclusão que eu também estou em fase de extinção.
Quem sabe já fui extinto, e não me contaram! rsrsrsrs
Um beijão!

Dirce disse...

Sempre falei isso e é verdade...tenho medo de saber como vai ser esse mundo quando meus sobrinhos forem adultos. Que mundo é esse que nós estamos ajudando a construir, né? Onde coisas tão simples e importantes, como amar alguém ou dizer isso, se tornam cada vez mais complexas. Affe...rs
beijocas