domingo, 28 de junho de 2009

Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses.
(Rubem Alves)


5 comentários:

Denise disse...

Assim vamos nos tornando especialistas em renascimentos

beijo

Denise

Dirce disse...

Exatamente, tem tudo a ver com seu momento, né?
beijocas

Francisco disse...

E para virar borboleta, a metamorfose é longa.
A fase "lagarta rastejante", às vezes dura anos para algumas pessoas, antes de baterem asas e sairem livre por aí.
Beijãozão!

Driii disse...

Aham Dirce... tem tudo a ver mesmo...

Ernani Netto disse...

Por vezes as metamorfoses não são tão longas e as mudanças muito mais pronunciadas!

Bjaum