quinta-feira, 9 de julho de 2009

Depois da tempestade, o entendimento


Passeando pela blogosfera, me encontrei num dos meus blogs prediletos, o "Revelar-me" da minha querida Denise.
E lá estava exatamente o que eu precisava ser lembrada :
Nada do que foi será

De novo do jeito que já foi um dia

Tudo passa

Tudo sempre passará

A vida vem em ondas

Como um mar

Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é

Igual ao que a gente

Viu há um segundo

Tudo muda o tempo todo

No mundo ....
Nada como um dia após o outro.... E uma noite no meio, é claro...

2 comentários:

Dirce disse...

E é assim que a a lagarta vira borboleta, né não?

Driii disse...

É sim Dirce...